“Permaneçamos fieis irmãos porque vós sois o sal da terra”

Esta é a antepenúltima noite de culto da 60º edição da EBO. Assim como nos demais dias os irmãos começaram a chagar logo cedo, antes das 17h. Durante o culto o Coro e Orquestra Doce Hamonia e os Corais Filafelfia e Jovem receberam a oportunidade para louvar, assim como alguns cantores, dentre eles o Irmão Josafá, Ivonaldo Albuquerque e a irmã Joquebede.

Dentre os hinos cantados havia um coro em comum, aquele que exaltava ao Senhor Jesus, a começar pelos hinos da Harpa Cristã, como o 125 que diz:”Gloria, glória, gozo sem fim trará”, continuado pelos outros como os hinos “Rei e Santo”, “Um dia” e o “Ao estrugir da Trombeta”.

Já a palavra foi ministrada pelo Pr. Douglas Batista, líder da AD no Distrito Federal. A leitura foi feita no livro de Mateus, o versículo chave dizia: “Vocês são o sal da terra. Mas se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens”. No decorrer da Palavra ele destacou que o cristão precisa ser separado, santo e que nenhuma condenação há para aqueles que estão em Jesus.

Tanto a vida santa de Jesus como a de outros personagens bíblicos foram citados, tais como João Batista, a obra de Deus na vida de seus filhos foi um destaque importante na palavra, mas a ênfase estava no dever cristão, por isso tanto no início quanto no fim a palavra esteve ligada a sermos sal: , e com essa frase foi finalizada a Mensagem.

 

No sétimo dia da EBO, diáconos do interior são separados para servir a igreja

Chegou o domingo, o sétimo dia da 60º edição da Escola Bíblica de Obreiros (EBO). Algumas das oportunidades de louvor foram concedidas ao irmão Théo Santos, a União de Adolescentes Resplandecer (UNIDAR), o coral de Cavaleiro e o Pastor Marcelo Santos da AD no Rio de Janeiro.

Já a Palavra, foi ministrada pelo Pastor José Lopes (EUA), ele leu com a igreja em Levítico cap. 25 vrs 29 e 30, e também no capítulo 4 do livro de Lucas, na passagem sobre a experiência de Jesus na Sinagoga ao ler o livro do Profeta Isaías. A igreja continuou com a chama acesa após a palavra avivada.

Foi possível encontrar vários irmãos que haviam cultuado ontem, 21, no culto de abertura do Centenário, e o mesmo Espírito de daquele dia ardia neste domingo. Logo após a palavra evangelística, o pastor Marcelo Santos louvou com a igreja o hino que diz: “Quando ele estendeu a sua mão para mim, eu era pobre, perdido, sem Deus e sem Jesus”. Logo após foi feito o convite àqueles que desejassem aceitar a Jesus e no mesmo instante a primeira alma recebeu a Jesus como o único Senhor e Salvador.

Após o termino da oração também foram apresentados aos diaconato  obreiros das cidades do interior, dentre elas: Afogados da Ingazeira, Águas Belas, Aliança, Araiçoiaba, Arco Verde, Barra da Gabiraba, Belo Jardim, Bonança, Camutanga, Carnaíba, Carnaiba, Carpina, Chá Grande, Cortez, Cupira, Gravatá, Inajá, Lagoa de Itaenga, Lagoa dos Gatos, Lajedo, Limoeiro, Ouricuri, Passira, Pesqueira, Petrolândia, Petrolina, Pombos, Quipapá, Quixaba, Ribeirão, Salgueiro, Santa Filomena, Santa Maria de Cambucá, São José do Egito, São Vicente Ferrem, Serra Talhada, Surubim, Tejucupapo, Teresinha, Toritama,  Tracunhaem, Upatininga, Usina Santo André, Vertentes.

Ao todo foram 315 apresentados e 4 reconhecidos, a Palavra dirigida aos novos diáconos, foi ministrada pelo pastor Samuel Oliveira.

Arena Pernambuco é incendiada pelo fogo pentecostal da Assembleia de Deus

Agora é oficial: as comemorações pelo Centenário da IEADPE começaram! E começaram em um evento grandioso. Mais de 50 mil pessoas estiveram presentes dentro da Arena de Pernambuco , em contar com o público que ficou na Praça Sul, assistindo pelos telões. Além disso, muitos lares foram alcançados pela programação transmitida pela Rede Brasil de Comunicação.

Com certeza, num culto que ficará marcado na vida de muitas pessoas e na história desta igreja.

Depois de um dia inteiro em que a Arena recebeu membros da IEADPE vindos de toda parte de Pernambuco, o culto oficial foi iniciado por volta das 17h30. Um vídeo emocionante feito com a irmã Ruth Carlson, lembrou o princípio desta obra. “Ele orava tanto que às vezes eu dizia: pai você só está orando. Ora o tempo todo. Vamos passear? Ele disse: temos tempo para isso, mas agora é oração. Deus me fez sentir isso”, lembrou ela.

Sobre a história da família, irmã Ruth, contou que sua avó tinha um chamado missionário. Por não ter cumprido, no fim da vida, arrependida, ela intercedeu ao Senhor para que Ele levantasse um missionário entre os seus filhos. E o resultado foi este: “todos os irmãos da minha mãe, foram missionários. Estou muito feliz por estar aqui hoje. Sou a única sobrevivente dos Carlson. Sou a filha mais velha, com 95 anos, mas Deus sabe o que faz”, afirmou a irmã Ruth.

Toda a igreja se alegrou neste, que foi apenas um dos momentos mais tocantes e emblemáticos desta noite, que reuniu também várias autoridades do Estado.

Durante a tarde, vários louvores foram entoados por cantores da IEADPE. Passaram pelo púlpito cantores como Jair Santos, Flávia Cristine, Irmã Joquebede, Quarteto Gênesis, Miriam Calado, Míria Mical, Aline Irineu, e muitos outros.

O hino oficial, entoado pela irmã Eliã Oliveira, também foi outro momento no qual a igreja se alegrou. Junto com o Grande Coral formado pela igreja, foi entoado: “Assembleia de Deus, em Pernambuco tem Assembleia de Deus, Cem anos de História, Cem anos de vitória, Assembleia de Deus eu faço parte desta história”.

Outro louvor marcante foi o hino: “É o mundo se curvando e a Igreja de pé… e a Igreja não se dobra. É o mundo se curvando e a Igreja de pé… e a vitória é nossa!”, que foi cantado também junto com toda a igreja.

A pregação da Palavra de Deus ficou por conta do Pr. Joel Freire (EUA). Ele ministrou baseado no livro de Gênesis. Em uma preleção que falava sobre as promessas de Deus na vida do cristão, e também sobre o agir do Espírito Santo no meio de sua Santa Igreja. “O Espírito Santo enche essa casa. Vocês só enchem o banco, mas o Espírito Santo enche está casa, que hoje é um lugar de adoração”, disse.

O sinal da presença do Espírito de Deus foi evidenciado no meio do Seu povo. Deste o início do culto, sentimos claramente o Seu agir. Um número incontável de pessoas recebeu o batismo com o Espírito, outras foram renovadas e as curas, com certeza, vamos conhecer quando recebermos os testemunhos no pós-evento.

Ao final do culto, o Pastor Presidente, Ailton José Alves agradeceu a toda a Igreja pela presença e em especial a equipe organizadora e a Rede Brasil pelo empenho. E, embora a maior parte dos irmãos estivessem fisicamente cansados, eles saíram revigorados pelo poder do Espírito de Deus.

“O Evangelho é poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê”.

Nesta sexta-feira o culto noturno começou às 19h. Após a oração, os hinos congregacionais: “Pelejar pó Jesus” (108), “Guerreiros de Cristo” (212) e o “Um Pendão Real” (46), foram entoados. Já apontado para o que o Espírito Santo desejava falar à Igreja.

Corais também louvaram a Jesus, tais como a União de Adolescentes Resplandecer (UNIDAR) e o Filadélfia, assim como cantores, entre eles a irmã Eliã Oliveira e o irmão Francisco, de Petrolina.

A palavra foi ministrada pelo Pastor Jairo Texeiras, da Assembleia de Deus em Alagoas. Com leitura feita em Romanos cap. 1. vrs 16 e 17 : “Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê: primeiro do judeu, depois do grego. Porque no evangelho é revelada a justiça de Deus, uma justiça que do princípio ao fim é pela fé, como está escrito: ‘O justo viverá pela fé’”, ele lembrou das palavras do apostolo Paulo e da evangelização no período dos discípulos.

 

 

O pastor iniciou a Palavra lembrando à igreja os 500 anos da Reforma Protestante: “Parece algo do passado, mas não é. Pois nós continuamos protestando contra o pecado no mundo”, enfatizou. Além de explicar a alegria da Palavra de Deus começar a ser traduzida por Lutero para o alemão e assim voltar a se tornar acessível para as pessoas, apesar da perseguição.

 

“Salvação ainda é a maior mensagem do Evangelho, o homem ainda precisa de salvação”, essa foi o foco da Palavra: A mensagem de Cristo. A luta que devemos travar e anunciar a Salvação a todos. Pois como o ministro destacou: “Tudo mudou, mas o Evangelho de Jesus Cristo continua o mesmo, por isso, melhor do quê ser gospel é deixar que o Evangelho transforme você, pois ele tem poder para perdoar os pecados e te levar aos céus”, anunciou.

Mas não é possível finalizar o texto de hoje, que falou sobre marcos como expansão do Evangelho de Cristo na época dos Apóstolos e do aniversário de 500 anos Reforma Protestante, sem falar do culto de abertura do ano do Centenário da Assembleia de Deus em Pernambuco, e do sentimento da igreja que é de expectativa e ansiedade. A celebração irá acontecer amanhã, 21 de outubro, na Arena Pernambuco, e são esperadas mais de 60 mil pessoas. E a igreja em Pernambuco segue anunciando que o

 

Quinta-feira: o aprendizado continua

O culto vespertino desta quinta-feira (19) teve início pontualmente às 14h. Hinos da Harpa Cristã tais como o 126: “É feliz quem segue fielmente os caminhos santos do Senhor” e o de número 193 que diz:”Se tu minha alma a Deus suplicas e não recebes, confiando fica”, foram entoados.

A primeira plenária da tarde foi ministrada pelo Pastor Presidente em Jundiaí – SP, Esequias Soares, dando continuidade a explanação da Declaração de Fé das Assembleias de Deus. O destaque de hoje foi para o “Início do ‘Cremos'”. Após o estudo o irmão Francisco de Petrolina recebeu a oportunidade para louvar. O hino escolhido foi “Coisa Linda”, conhecido pela igreja a letra enfatiza como é lindo o crente que anda com Jesus no coração.

Já a segunda palestra foi sobre Eclesiologia e a ministração feita pelo pastor setorial em São Paulo, Prado Veiga, explanou sobre a definição e fundação da Igreja e a fundação da Igreja universal sobre a Rocha que é Cristo. Abordando também temas como a igreja local e as Cartas  às sete igrejas registradas em Apocalipse.

O último estudo ficou sob a responsabilidade do pastor Daniel Nunes da Silva, Pastor Presidente da Convenção de Ministros da Igreja Evangélica Assembleia de Deus na Paraíba. Com o tema Antropologia Bíblica, os obreiros aprenderam sobre a Doutrina do Homem nas Escrituras. Explicando sobre a Origem do Homem e a Imagem e Semelhança de Deus.

 

 

 

Escatologia, Cristologia e Soteriologia no terceiro dia de estudos da EBO

Escatologia foi o primeiro tema abordado nesse terceiro dia de estudos do Jubileu de Diamante da Escola Bíblica de Obreiros, e foi palestrado pelo Pr. José Geraldo Lopes, da Assembleia de Deus nos Estados Unidos.

Pr. José Geraldo Lopes

Ele começou explicando o que é doutrina: “Doutrina é o conjunto de princípios que servem de base para um sistema”. Em seguida, ele afirmou que a doutrina escatológica é dividida em oito e dessas, citou quatro: Doutrina da morte e estado eterno (para onde vamos quando morremos?), doutrina dos juízos e julgamentos (juízo na grande tribulação, julgamento das nações, juízo do Diabo e seus anjos, juízo final), doutrina da ressurreição (com que corpo ressuscitaremos?) e doutrina da vinda de Jesus. “A doutrina da vinda de Jesus é a espinha dorsal do calendário escatológico, que são as 70 semanas de Daniel. O arrebatamento é o próximo evento do calendário”, afirmou.

Da esquerda para a direita, Pr. Simas Dias, Pr. Samuel Oliveira, e o Pr. Ailton José Alves

O segundo estudo ficou por conta do Pr. Juan Carlos Escobar, Pastor Presidente das Assembleias de Deus na Espanha. O tema trazido por ele foi: Cristologia.  Ele iniciou falando sobre a natureza de Cristo que sendo totalmente Deus, assumiu a forma de servo e também se tornou totalmente homem. O pastor explicou também sobre os títulos de Cristo: Senhor, salvador, filho do homem, filho de Deus, como também seus ofícios: Profeta, sacerdote.

Logo após, ele falou sobre os estado de Cristo: humilhação e glorificação, e comparando a obra que Deus fez através de Cristo com um diamante falou para a igreja: “Deus está preparando uma geração de ministros diamantes”.

À direita, o Pr. Juan Carlos Escobar. À esquerda, interpretando-o, o Ev. André Alencar

Ele também falou sobre pessoas que procuram mudança de caráter através de leituras de livros e disse: “A maior experiência para formar nosso caráter é a obra de Deus em nossas vidas”.

O Pr. Juan trouxe um prato cheio de carvão e colocou de um lado. Do outro lado, colocou o diamante que está representando o jubileu desta EBO. Ele explicou que os mesmos átomos que compõem o carvão, também compõem o diamante e concluiu: “Como Jesus foi provado e transformado. Ele é nosso referencial. O Senhor não vai permitir que sejamos envergonhados. O Senhor quer levantar sua fé para que seu ministério não seja superficial. Filho do homem! Serás como um diamante”.

O terceiro estudo do dia foi ensinado pelo Pr. Wagner Gaby, Pastor Presidente da Assembleia de Deus em Curitiba. Ele falou sobre Soteriologia (doutrina da salvação). O pastor ensinou sobre os estágios da obra de salvação: Eleição, justificação, regeneração, adoção e santificação. Ele também explicou o que é conversão, arrependimento e fé.

Pr. Wagner Tadeu Gaby

Após os estudos, foi dado um intervalo para o almoço, onde os irmãos retornarão às 13h30 para aprenderem mais da Palavra do Senhor nos estudos da tarde.

 

 

“O seu arco, porém, susteve-se no forte, e os braços de suas mãos foram fortalecidos”

A terceira noite desta 60º edição da Escola Bíblica caiu na quarta-feira (18), um dia especial, que há anos é esperado por muitos membros. O motivo é simples, durante as últimas quartas-feiras das EBOs é realizado um culto em agradecimento a Deus, pelo aniversário vitalício e de pastorado do Pastor Presidente Ailton José Alves.

Na noite de hoje pastores representando vários estados brasileiros estiveram presentes. Registrando a admiração e carinho que sentem pelo Pastor Presidente. Tais como o Pastor Presidente das Assembleias de Deus na Espanha, Juan Carlos entre outros pastores preletores representantes de igrejas em outros estados e países.

Pastor da Assembleia de Deus em Curitiba Wagner Gaby leu em Isaias 33:6: “E haverá estabilidade nos teus tempos, abundância de salvação, sabedoria e conhecimento; e o temor do Senhor será o seu tesouro. Enquanto que o pastor Samuel de Oliveira deixou para a meditação da igreja: “E vos darei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com ciência e com inteligência” (Jeremias 3:15) e para o Pastor:pelas mãos do Valente de Jacó”. (Genesis 49:24).

Os órgãos de louvor do Templo Central participaram e cantaram hinos como  o “Não temas” do Grupo Logos. Alguns representantes políticos também estiveram presente.

Já no final o Pastor agradeceu a Deus pela vida da irmã Judite, a elogiando pela dedicação e esforço: “As vezes estou dormindo e vejo ela de joelhos intercedendo por mim”. E explicou que o pediu a Deus uma esposa que o ajudasse e compreendesse o chamado dele e achou nela essas características e também o mesmo chamado de Deus.  Por isso declarou: “Deus abençoe minha esposa, um presente de Deus. E continuou os agradecimentos a família, obreiros e igreja.

Doutrina, Cristologia e Declaração de Fé

Os estudos ministrados durante as EBOs no período diurno são destinados a ministros e obreiros. Por isso, dando continuidade aos estudos desta terça-feira (17), segundo dia da 60º Escola Bíblica de Obreiros,  o pastor Jefferson Aleluia dirigiu o culto introdutório que começou aproximadamente às 13h30, enquanto o pastor João Marcos Fernandes, o missionário Gilberto Diniz e pastor Jaime Alexandre louvaram.

O culto oficial começou às 14h, tendo sido dirigido pelo pastor Samuel Oliveira. O pastor Simas Dias fez a oração e logo em seguida foi iniciado o primeiro estudo vespertino, ministrado pelo Pr. Martim Alves da Silva, pastor presidente da Convenção de Ministros das Assembleias de Deus do Rio Grande do Norte (CEMADERN), Com o tema: “A NATUREZA E O VALOR DA DOUTRINA PARA A IGREJA”.

O Pr. Juan Carlos, ministrou a segunda plenária desta terça-feira, dando continuidade ao tema: “DOUTRINA DA CRISTO NAS ESCRITURAS”. O enfoque deste estudo foi A Encarnação de Cristo, um dos subtítulos da Cristologia.

“Nosso foco é Jesus, nós não somos o protagonista da pregação, nós apenas transmitimos, pela graça dele e o objetivo é que as pessoas possam conhecer a Jesus”, enfatizou o pastor Juan Carlos.

O Pr. Esequias Soares, Pastor Presidente da Assembleia de Deus em Jundiaí encerrou os estudos da tarde. Ele ficou responsável por explanar sobre a Declaração de Fé, enfatizando a importância de conhecermos o nosso credo e confissão de fé. Dando o destaque ao livro Declaração de Fé das Assembleias de Deus, publicado recentemente pela Casa Publicadora da Assembleia de Deus (CPAD), disponível na Bereia Bookstore.