“Permaneçamos fieis irmãos porque vós sois o sal da terra”

Esta é a antepenúltima noite de culto da 60º edição da EBO. Assim como nos demais dias os irmãos começaram a chagar logo cedo, antes das 17h. Durante o culto o Coro e Orquestra Doce Hamonia e os Corais Filafelfia e Jovem receberam a oportunidade para louvar, assim como alguns cantores, dentre eles o Irmão Josafá, Ivonaldo Albuquerque e a irmã Joquebede.

Dentre os hinos cantados havia um coro em comum, aquele que exaltava ao Senhor Jesus, a começar pelos hinos da Harpa Cristã, como o 125 que diz:”Gloria, glória, gozo sem fim trará”, continuado pelos outros como os hinos “Rei e Santo”, “Um dia” e o “Ao estrugir da Trombeta”.

Já a palavra foi ministrada pelo Pr. Douglas Batista, líder da AD no Distrito Federal. A leitura foi feita no livro de Mateus, o versículo chave dizia: “Vocês são o sal da terra. Mas se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens”. No decorrer da Palavra ele destacou que o cristão precisa ser separado, santo e que nenhuma condenação há para aqueles que estão em Jesus.

Tanto a vida santa de Jesus como a de outros personagens bíblicos foram citados, tais como João Batista, a obra de Deus na vida de seus filhos foi um destaque importante na palavra, mas a ênfase estava no dever cristão, por isso tanto no início quanto no fim a palavra esteve ligada a sermos sal: , e com essa frase foi finalizada a Mensagem.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *