Arquivo Adnews

Compositoras da Harpa Cristã: Frances Jane Crosby

“Com Tua mão, segura bem a minha, pois eu tão fraco sou, ó Salvador!, que não me atrevo a dar nem um só passo sem Teu amparo, meu Jesus Senhor.” Conhece essa letra? Imagino que sim! Ela é uma das mais conhecidas da Harpa Cristã e nos leva a fazer uma oração em forma de canção, convidando Jesus a guiar nossos passos.

Frances Jane Crosby, também conhecida como Fanny Crosby, é a autora desse hino.  Ela nasceu em Southeast, Putnam County, Nova York, no dia 24 de março de 1820. Seis semanas após seu nascimento, Fanny teve uma infecção nos olhos e foi levada ao hospital. A receita que o médico passou resultou na perda total de sua visão. Fanny nunca mais poderia enxergar.

Mesmo com essa grande dificuldade para enfrentar, ela surpreendia seus familiares e amigos com a grande facilidade para escrever poemas e canções. Durante toda sua vida, ela escreveu mais de 8 mil hinos.

Aos 15 anos, Fanny ingressou numa instituição para cegos em Nova York. Tornou-se professora do local lecionando Gramática Inglesa, Retórica, História Romana e Americana. Em 1858, casou-se com um professor da mesma instituição, Alexander Van Alstyne, que também era cego.

Sobre o hino 33 da Harpa, Com tua mão, a autora falou: “Por um bom período de tempo, antes de eu escrever este hino, tudo parecia triste para mim. Na realidade, foi uma experiência fora do comum, porque eu sempre fui uma pessoa feliz e contente. E, assim, na minha fraqueza humana, eu clamei em oração: ‘Querido Senhor, segura a minha mão’. Quase que instantaneamente, a mais doce paz, proveniente de uma perfeita convicção, voltou ao meu coração, e minha gratidão por essa prova de que minha oração foi respondida brotou naturalmente como um cântico nas linhas deste hino”.

Fanny mostrava não se importar por não ter sua visão. “Parece ter sido providência divina o fato de eu ter ficado cega toda minha vida, e eu agradeço a Deus por isso. Se me fosse oferecida visão terrena amanhã, eu não aceitaria. Talvez eu não cantasse hinos para louvar a Deus se eu ficasse distraída com as coisas belas e interessantes sobre mim”, revelou em sua biografia.

Na Harpa Cristã, encontramos muitas canções de sua autoria: 033 – Com tua mão; 113 – O Celeste Diretor; 129 – A fonte salvadora; 207 – Jerusalém divina; 235 – Já sei, já sei; 360 – A fonte preciosa. Mesmo sem enxergar o mundo ao seu redor e as letras de suas canções, Fanny nos deixou hinos que nos fazem ver além do que está a nossa frente, nos fazem enxergar pelos olhos espirituais.

_______________________

* Publicado originalmente no Adnews 45 (Dezembro/2015)