Eventos, igreja, Jovens, Templo Central

A Igreja como testemunha poderosa diante de um mundo corrompido

Tags: ,

Fotos: Everton Irineu, Hércio Moraes e Jackson Amil / RBC

Fotos: Everton Irineu, Hércio Moraes e Jackson Amil / RBC

Neste domingo (05), encerramento do 34° Congresso de Jovens da IEADPE, o Templo Central ficou lotado. Jovens de várias regiões do Estado compareceram ao evento para aprender e adorar a Deus.
Durante todos os dias, a Igreja estudou o tema do Congresso dividido em subtemas: “A postura bíblica da testemunha de Cristo”, “O compromisso incondicional da testemunha de Cristo”, “A testemunha de Cristo e a vida de obediência a Deus”, “Recebendo poder para testemunhar”, “Testemunhando até os confins da terra” e “Ser-me-eis testemunhas”, tema central desta edição e do encerramento.
Na ocasião, vários grupos musicais louvaram ao Senhor, como também, o Grande Coral de Jovens formado por 800 vozes.
A ministração da Palavra de Deus foi feita pelo Ev. Marcelo Teles. Ele leu os textos de Atos 1.8 e 4.20 para embasar sua preleção, que teve como foco “A testemunha de Cristo no mundo pós-moderno”.
O evangelista explicou as características do período pós-moderno, enfatizando que o apóstolo Paulo já havia alertado em suas epístolas que estes seriam dias trabalhosos. A descrença em Deus, resultado do ateísmo, foi apresentado como a primeira característica desta época.
A inversão de valores que domina as ações e decisões desta sociedade foi esclarecida. “Estão preocupados com a existência de vida em outro planeta, quando a vida em nosso planeta é depreciada!”. O ecumenismo – que prega a existência de outros caminhos para se chegar a Deus – e o relativismo – que quer excluir a ideia de pecado fazendo as pessoas pensarem que podem decidir o que é certo e errado para elas mesmas – também foram combatidos na ministração.
A glória de Deus foi manifesta no ambiente enquanto os crentes recebiam graça e poder para enfrentarem as dificuldades e a incredulidade do pós-modernismo. O evangelista afirmou que a história, a Bíblia e a experiência pessoal são as bases que autenticam o testemunho do cristão.
Para combater as ideologias do pós-modernismo, o Ev. Marcelo Teles afirmou que é preciso ser testemunhas com conhecimento bíblico, com prática (vivência) da palavra e com experiência espiritual.
Feito o convite, 61 pessoas entregaram suas vidas a Jesus e dezenas de renovos espirituais e batismos no Espírito Santo foram contados.
E assim foi o encerramento desta 34ª edição do Congresso de Jovens. Um evento, marcante, envolvente e interativo por parte dos congressistas.
Durante esses quatro dias, houve uma participação significativa pelas redes sociais, tanto pelas plataformas do Facebook, quanto pelo novo aplicativo de compartilhamento de informações, o Colabore. Também, o cantor Josafá, lançou seu primeiro CD pela Bereia Music, intitulado Dependente.
A campanha #SouTestemunhaIEADPE referente ao tema do congresso, conseguiu mobilizar vários participantes daqui de Pernambuco, como de outros estados e até dos países onde a IEADPE mantém missão. Os jovens das filiais da missão acompanharam a transmissão e gravaram depoimentos de felicitação aos congressistas, e deixaram mensagem de incentivo e também confirmaram no vídeo, que são testemunhas.
Você pode conferir os conteúdos deste ano, no site do evento: www.congressodejovens.com. Depoimento dos congressistas, galeria de fotos, vídeos, entre outros, como o Instagram da Rede Brasil de Comunicação, Twittes e textos. #SomosTestemunhasIEADPE. Até 2016!