Escola Bíblica de Obreiros, Eventos, igreja, Templo Central

Quarto dia da 62ª EBO: dia de trocar as baterias

Tags: ,

Nesta quarta-feira (24), o templo estava repleto de obreiros e esposas de ministros para o estudo desta manhã. A primeira plenária, ministrada pelo Pr. Wagner Gaby, presidente da Assembleia de Deus em Curitiba, tratou sobre os “Deveres dos Pastores”, o pastor enfatizou a importância de ter responsabilidade com a função que Deus tem dado, orando, meditando na Palavra, buscando se capacitar, vigiando, tendo cuidado com a postura cristã, com o exemplo demonstrado a sua família, igreja e ao mundo. 

Uma dos sentimentos expressos durante o culto e em outras edições da EBO é de que os ministros ao participarem das Escolas Bíblicas de  Obreiros da IEADPE, não recarregam as baterias, eles as trocam por baterias novas, o que os dá Ânimo para seguirem a carreira do pastorado. O pastor também destacou que os obreiros “Devem ensinar a doutrina, a doutrina sadia, ortodoxa, e não inventar ensino baseado em ideias isoladas […] não terceirize o culto de doutrina”. E continuou lembrando aos presentes que: “Nós não somos condutores de cegos irmãos, a luz do evangelho deve estar acesa em nossa vida e em nosso ministério!”, enfatizou o pastor durante a palavra que explanou os subtópicos: “Alimentar o rebanho” e “Guardar a fé”.

A segunda aula foi lecionada pelo Pr. Joel Freire, sobre o “Obreiro e a Oração”. “‘Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á’, se você pediu, vá busca”, declarou o pastor.  O ministro destacou a importância da oração, falou sobre a necessidade de dedicar ao menos uma hora por dia para estar só com Cristo em oração. Ele elucidou sobre a sustentação bíblica para a vida de oração; as maneiras de orar; os tipos de oração, entre outros aspectos.

Enquanto que, a terceira palestra foi transmitida pelo Pr. José Geraldo Lopes, ministro do evangelho em Newark, New Jersey – USA. Com o tema: “Vida e Ministério de Paulo”, alguns dos destaques do estudo estavam relacionados ao nascimento, educação e formação religiosa, além de sua conversão, intimidade e compromisso com Deus e com a Palavra.

Os estudos do período da tarde serão retomados por volta das 14h, tendo antes um momento devocional com os presentes.