Arquivo Adnews

O lema é ajudar!

A ação social e o voluntariado são modos de viver que estão sempre em pauta em todos os momentos. Isso acontece porque em qualquer época do ano sempre há alguém precisando de ajuda. Se é verão, a seca começa a apertar, e os sertanejos passam a sofrer com a falta de recursos e água. Quando chega o inverno, as fortes chuvas e o frio faz com que milhares de pessoas padeçam devido aos desastres naturais e também porque não podem fazer nada quanto às ações do tempo.

Por esse motivo, vale a pena investir um pouco do que temos e se doar voluntariamente para servir os outros, seja com dinheiro, doações de algo que não utilizamos mais, ou até mesmo realizando alguma tarefa a fim de ajudar o próximo.

Há um momento da vida em que passa pela cabeça de todos nós que somos capazes de mudar o mundo. Esse momento normalmente acontece quando somos jovens, pois estamos cheios de ideias e ávidos por aprender mais. Uma pesquisa divulgada recentemente pelo Ibope confirma esse pensamento, quando diz que um em cada quatro jovens com mais de 16 anos faz, ou já fez, algum tipo de trabalho voluntário.

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco (IEADPE) tem buscado despertar na juventude esse desejo tão sincero. O Projeto Semeai, um dos trabalhos sociais desenvolvidos pela IEADPE, é um dos muitos que usa o talento de uma pessoa a fim de amparar o outro. De tempos em tempos, o Semeai sai pelas ruas evangelizando e prestando serviços gratuitos a uma comunidade, tais como corte de cabelo, aferição da pressão, dicas sobre higiene bucal, consultoria de advocacia, etc. Por fim, eles realizam um culto para toda aquela comunidade. Todo esse trabalho é realizado com muitos voluntários, pessoas que dispõem de seus talentos para servir.

Segundo definição das Nações Unidas, “o voluntário é o jovem ou o adulto que, devido ao seu interesse pessoal e ao seu espírito cívico, dedica parte de seu tempo, sem remuneração alguma, a diversas formas de atividades, organizadas ou não, de bem-estar social ou outros campos…”, por isso não há idade para praticar tamanha gentileza. Basta perceber em qual dos variados tipos de voluntariado que você pode trabalhar. Se com animais, pessoas, causa, ou até mesmo na internet. Você só precisa aliar o desejo à diversão e ao trabalho e será pago com sorrisos.

_______________________

* Publicado originalmente no Adnews 20 (Setembro/2013)