Escola Bíblica de Obreiros, Eventos, igreja, Templo Central

No sétimo dia da EBO, diáconos do interior são separados para servir a igreja

Tags:

Chegou o domingo, o sétimo dia da 60º edição da Escola Bíblica de Obreiros (EBO). Algumas das oportunidades de louvor foram concedidas ao irmão Théo Santos, a União de Adolescentes Resplandecer (UNIDAR), o coral de Cavaleiro e o Pastor Marcelo Santos da AD no Rio de Janeiro.

Já a Palavra, foi ministrada pelo Pastor José Lopes (EUA), ele leu com a igreja em Levítico cap. 25 vrs 29 e 30, e também no capítulo 4 do livro de Lucas, na passagem sobre a experiência de Jesus na Sinagoga ao ler o livro do Profeta Isaías. A igreja continuou com a chama acesa após a palavra avivada.

Foi possível encontrar vários irmãos que haviam cultuado ontem, 21, no culto de abertura do Centenário, e o mesmo Espírito de daquele dia ardia neste domingo. Logo após a palavra evangelística, o pastor Marcelo Santos louvou com a igreja o hino que diz: “Quando ele estendeu a sua mão para mim, eu era pobre, perdido, sem Deus e sem Jesus”. Logo após foi feito o convite àqueles que desejassem aceitar a Jesus e no mesmo instante a primeira alma recebeu a Jesus como o único Senhor e Salvador.

Após o termino da oração também foram apresentados aos diaconato  obreiros das cidades do interior, dentre elas: Afogados da Ingazeira, Águas Belas, Aliança, Araiçoiaba, Arco Verde, Barra da Gabiraba, Belo Jardim, Bonança, Camutanga, Carnaíba, Carnaiba, Carpina, Chá Grande, Cortez, Cupira, Gravatá, Inajá, Lagoa de Itaenga, Lagoa dos Gatos, Lajedo, Limoeiro, Ouricuri, Passira, Pesqueira, Petrolândia, Petrolina, Pombos, Quipapá, Quixaba, Ribeirão, Salgueiro, Santa Filomena, Santa Maria de Cambucá, São José do Egito, São Vicente Ferrem, Serra Talhada, Surubim, Tejucupapo, Teresinha, Toritama,  Tracunhaem, Upatininga, Usina Santo André, Vertentes.

Ao todo foram 315 apresentados e 4 reconhecidos, a Palavra dirigida aos novos diáconos, foi ministrada pelo pastor Samuel Oliveira.