A oração e o testemunho da Mulher Cristã

Neste terceiro dia do 17º Congresso de Mulheres da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco (IEADPE), antes das 8h da manhã a nave do templo já estava cheia de congressistas, em sua maioria mulheres. Alguns vieram preparados para ficar até o culto da noite, buscando aprender e receber tudo o que Deus tem para revelar esses dias.

O devocional, dirigido pela Ir. Judite Alves e as irmãs Ledijane do Setor-12, Barreiros e Iraci Rodrigues, começou por volta da 8h15 e o estudo da manhã às 9h30. O escalado para ministrar a primeira plenária do dia foi o Pr. Jefferson Aleluia, com o tema: “Mulher Cristã: Vida de Fé que influencia por meio da oração”, baseado no trecho registrado em 1 Samuel 1.9-19.

Alguns dos tópicos abordados durante o estudo foram: “Vencendo um caso perdido através da oração” o pastor citou o exemplo de Ana, que no momento em que estava mais aflita foi buscar ao Senhor em oração. Outro tema também discorrido pelo obreiro foi “A maturidade de Ana”, por fim, o Pr. Jefferson enfatizou que o cristão precisa ser próximo a Deus, ter a sabedoria e inteligência espiritual para com isso ter uma vida que influencia através da oração.

Já o segundo estudo foi sobre a “Mulher Cristã: Vida que influencia pelo seu testemunho”, baseado em 2 Timóteo 1.5, ministrado pela Ir. Givanete Andrade de Santa Rita, Paraíba. “Testemunhar é conhecer as Escrituras e convencer as pessoas sobre o evangelho, testemunhar a salvação”, enfatizou.

Ao longo da Palavra ela ensinou sobre a importância e o significado do testemunho nas Escrituras, além da influencia do testemunho nas gerações. Ela destacou que é preciso ser coerente com a sua conversão e ter uma vida que seja um testemunho completo e pleno. O culto da manhã terminou por volta das 12h, mas a programação continua até o devocional da tarde, previsto para começar às 13h.

“A fé é a única base aceitável de um relacionamento satisfatório com Deus”

A conversão logo no culto introdutório já prenunciava que o decorrer da noite seria de igualmente benção. E foi o que aconteceu. Logo após este momento devocional que foi iniciado por volta das 17h30, o culto oficial teve a sua abertura com louvores.

Além do Grande Coral formado por 700 vozes, cantores como Jair Santos também entoaram cânticos ao Senhor.

Na ministração da Palavra de Deus, o Ev. Marcelo Telles pregou baseado na epístola destinada aos Hebreus, capítulo 11.1-11. O tema da mensagem foi: “Mulher Cristã: vida de fé fundamentada na Palavra”.

O evangelista abordou a como condição indispensável para que uma mulher agrade a Deus. “A fé é a única base aceitável de um relacionamento satisfatório com Deus”, disse o ministro.

Para ilustrar a mensagem bíblica, Telles usou o exemplo de Sara, uma mulher escolhida por Deus junto com seu marido, mesmo com suas limitações e defeitos. “Mesmo com Abraão tendo 75 anos e Sara 10 anos mais jovem e sendo estéril, Deus escolheu e fez promessas”, afirmou.

Uma das promessas de Deus a Sara foi de que ela seria mãe. No entanto ela não tinha motivos para crer. “Ela não tinha nenhum exemplo, não tinha ninguém na história que fosse estéril e tivesse concebido. Além disso, ela não ovulava mais”.

O ministro finalizou o momento da Palavra contando os detalhes do milagre que Deus operou na vida de Sara, que mesmo sem perspectiva humana nenhuma, gerou após um ano, conforme a promessa feita pelo Senhor. “A idade deles estava avançada mas Deus fez o interior rejuvenescer. Deus substituiu o riso da incredulidade pelo riso da alegria. E cumpriu a promessa”, finalizou.

Programação

Este foi a noite do segundo dia do 17º Congresso de Mulheres, que teve na programação devocionais, estudos, momento de testemunho e agradecimentos ao Senhor. Amanhã a programação continua com a transmissão do culto evangelístico pela Rede Brasil.

Mulheres com temperamento regenerado frutificando entre a família e a Igreja

O 17º Congresso de Mulheres está sendo realizado entre os dias 31 de maio a 3 de junho no Templo Central da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco. E durante este segundo dia do evento, a Ir. Judite Alves ministrou o primeiro estudo da tarde com o tema: “Mulher cristã: a influência do seu temperamento nas gerações”.

Ela iniciou explicando os tipos de temperamentos clássicos, e, após alertar sobre os riscos de cada um deles, falou como o temperamento regenerado é transformado e controlado pelo Espírito Santo. “Deus vai pegar teu temperamento e vai dar a volta, e vai fazer de você um vaso como Ele planejou, mas isso é um processo”, disse ela.

A irmã também expôs como a personalidade de várias mulheres nas Escrituras influenciou o seu entorno e destacou o que podemos aprender com a vida delas. Concluiu falando sobre o que Deus espera da vida da mulher cristã, “Deus quer que o fruto do Espírito seja evidenciado em tua vida.”

O segundo estudo da tarde foi ministrado pelo Ev. Sinval Rodrigues com o tema: “Mulher cristã: Vida de fé que influencia a Igreja”. Ele destacou a vida de três mulheres que passaram por grandes provações mas que venceram por meio da fé.

Durante este período, caravanas de Ribeirão, Timbaúba, Gravatá, Palmares, Aliança, Araçoiaba, Petrolina, Toritama, São José da Coroa Grande, Amaraji, Serra Talhada, Cupira, Nª Senhora do Ó, Tamandaré, Ipojuca (Setor 8), Paudalho (Setor 9), Juazeiro (BA) e Santa Rita (PB), se fizeram presentes no Templo Central. Assim como mães evangélicas e não-evangélicas de crianças atendidas pelo Projeto Samuel.

Os estudos da tarde terminaram por volta das 16h30, mas a programação do Congresso continua. O devocional está previsto para iniciar às 17h30 e às 19h se celebrará mais um culto de agradecimento a Deus. A Rede Brasil de Comunicação está transmitindo os cultos através do Canal 14, além do canal IEADPEOFICIAL, no Youtube e Facebook.