Começa o 37° Congresso de Jovens: “Vigiai, é tempo de estar atento”

A abertura do 37º Congresso de Jovens aconteceu nesta quinta-feira (28), no Templo Central da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco (IEADPE), em Santo Amaro, área central do Recife. Este ano, o evento traz o tema: “Vigiai, o Senhor virá”, baseado em Mateus 24:42.

Após o culto introdutório e os hinos congregacionais, o Grande Coral de Jovens, composto este ano por cerca de 870 vozes e 80 músicos, cantou em adoração ao Senhor. Em seguida, o Coral Jovem do Templo Central e os cantores convidados também receberam oportunidade para louvar ao Senhor.

A leitura oficial foi realizada pelo Pr. João Marcos Fernandes. Logo depois, o Pr. Sérgio Correia fez uma oração apresentando a Deus o Congresso e agradecendo pela Palavra.

A ministração foi feita pelo Ev. Sinval Rodrigues. Ele trouxe o subtema: “Filhinhos, é já a última hora”, baseado em 1 Jo 2:18-20: “Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora. Saíram de nós, mas não eram de nós; porque, se fossem de nós, ficariam conosco; mas isto é para que se manifestasse que não são todos de nós. E vós tendes a unção do Santo, e sabeis todas as coisas.”

O Ev. Sinval iniciou a pregação destacando algumas características de João, também conhecido como ‘o apóstolo amado’ e como aquele que deitava sua cabeça nos ombros de Jesus.

Ao escrever aquela carta, João se mostra preocupado por alguns comportamentos que fugiam da vontade de Deus no seu tempo, e o apóstolo constata aquelas atitudes como prenúncios do fim dos tempos.

Estes comportamentos se caracterizavam pela apostasia, o desvio da doutrina de Cristo, e pela tentativa de influenciar os cristãos a seguir o mesmo caminho. O Evangelista fala então da proximidade do fim, e da presença do mesmo comportamento entre nós, e lembra aos jovens: “Vigiai, é tempo de estar atento.”

Em seguida, o preletor deu o exemplo de Balaão, um adivinho que foi contratado para amaldiçoar o povo de Israel, mas que não conseguiu fazê-lo, porque Deus cuidava do povo. E enfatizou que o mesmo Deus também está com a juventude da Igreja hoje e portanto nenhum apóstata ou Anticristo poderá lhes atingir.

O Evangelista encerrou ressaltando a vida de Neemias, encarregado da reconstrução do templo em Israel que sofreu oposição de alguns do seu próprio povo. Mas que seguiu firme no Senhor, e conseguiu terminar a obra.

Ao final do culto, uma jovem se entregou a Cristo.

Caravanas vindas das cidades de: Aliança, Araçoiaba, Chã de Cruz, Chã Grande, Pombos, Vicência, São Lourenço da Mata (Setor-02), Moreno (Setor-03), Ipojuca (Setor-08) e Abreu e Lima (Setor-11) participaram da abertura nesta quinta.

Até o domingo (01), o Congresso terá uma programação que contará com cultos festivos, estudos e Manhã Missionária. Amanhã a programação continua com a transmissão da Rede Brasil através do Canal 14, além do canal IEADPEOFICIAL, no Youtube e Facebook.

Jovens compromissados com a pureza

Compromisso. Esta tem sido a palavra-base escolhida para este 36º Congresso de Jovens, buscando com que os jovens reafirmem o seu pacto com Cristo.

Nesta noite (1º), assim como aconteceu nos dois dias anteriores, os louvores foram usados para adorar ao Senhor e preparar o coração da Igreja para receber a Palavra de Deus. Louvaram cantores como as irmãs Eula Cristina e Joquebede Rodrigues, o Coro Jovem do TC, o Coral de Jovens vindo da IEADPE em Petrolina, bem como o Grande Coral de Jovens da IEADPE, formado por centenas de jovens do Recife e Região Metropolitana.

Mas, foi na Ministração da Palavra de Deus que o Senhor falou fortemente ao coração dos jovens presentes neste congresso.

O preletor da noite foi o Pr. vice presidente da IEADPE, Ailton Júnior, que pregou embasado nos textos bíblicos de Gênesis 39.9 e 2 Coríntios 7.1. O tema da ministração foi: ‘Comprometidos com a pureza como José’, que usou a vida de José como exemplo de fidelidade a Deus através de seus compromissos estabelecidos na terra, com seu pai e seu patrão, por exemplo.

“O cumprimento de todas as promessas de Deus na nossa vida exigem pureza. Passam necessariamente pela pureza. Se você tem promessa purifique a sua vida”, disse o pastor.

Ainda durante a ministração, o pastor falou sobre como o jovem pode manter puro o seu coração. “José tinha tudo pra ser frustrado. Mas porque não ficou frustrado e louco? Deus estava com José. Você está aqui por que Deus está com você. Só consegue ter um compromisso com Deus quando ama a Deus acima de todas as coisas”, afirmou.

Ao final da Palavra, os jovens receberam um renovo da parte do Senhor, enquanto louvaram o hino oficial e uma vida se rendeu aos pés de Jesus. “O meu compromisso é de ser fiel, meu maior desejo é chegar lá no céu, por isso, o pecado aqui vou vencer e em santidade vou permanecer”, entoaram.

Amanhã, como de costume, acontece a Manhã Missionária a partir das 9h, e o Congresso segue para seu encerramento à noite a partir de 17h.

Prudência e compromisso: características que o jovem cristão deve ter

 

Primeiro dia do mês de julho, sábado, manhã chuvosa. No Templo Central da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco (IEADPE), começava o terceiro dia do 36° Congresso de Jovens. Logo cedo, caravanas de várias regiões do Estado como: Ipojuca, São José da Coroa Grande, Tamandaré, Tejucupapo, Usina Santo André, Gameleira, Petrolina, Sirinhaén, Jaboatão, Abreu e Lima e das áreas 14, 17, 19, 22, 23, 24, 25,33,34,35,36,37,40,41,50,59,13, e 28 chegaram para adorar a Deus.

Nesta manhã, os louvores ficaram por conta de todos os grupos de jovens que chegaram ao templo. A ministração da Palavra de Deus foi feita pela ir. Cristiane Alves, esposa do Pr. Ailton Júnior, Vice-presidente da IEADPE. Ela falou de algumas características de Davi, um jovem que foi comprometido com Deus.

Ela falou sobre a importância de termos comprometimento com Deus, e deixou questionamentos de como estamos nos comportando diante do nosso Pai. “Deus quer ver que tipo de coração é o nosso. Será que é como o de Davi?”, perguntou.

Durante a pregação, ir. Cristiane citou exemplo de pessoas que deixam a comunhão com Deus ser abalada por motivos insignificantes. Seja por fofoca, pessoas que levantam falso, inveja. “Deus é o seu juiz”, afirmou.

Ela falou também que em toda a sua vida, Davi trabalhou para Deus, se esforçou, e quando ele mais precisou o Senhor esteve ao seu lado. Fez uma comparação também com os três jovens na fornalha de fogo. “Deus tem o poder de nos livrar, mas se Ele permitir que a gente entre na fornalha, Ele entrará conosco”.

A ir. Cristiane também falou sobre aquelas pessoas que se entristecem por não terem determinadas qualidades, não possuírem característica de outras pessoas. “Não queira usar as ferramentas de outras pessoas.
Seja você mesmo. Não se sinta menor por não possuir a característica de outra pessoa. Use o que você tem”.

Ela citou a prudência de Davi como exemplo para nós. “Davi procurava saber qual era a vontade do Senhor”. E finalizou: “Que nós possamos ter o coração de Davi, disposto a fazer a vontade de Deus”.