“Queres ficar são? Há um Deus que muda situações”

O penúltimo culto festivo desta 62ª Escola Bíblica de Obreiros contou com a casa cheia. Desde a abertura do evento, irmãos das filiais da IEADPE no exterior vieram participar desta edição, como também missionários da África do Sul, Moçambique, Guiné-Bissau, Portugal, Peru e Argentina. Também marcaram presença caravanas do Interior e grupos da Região Metropolitana do Recife.

Depois que o culto de louvor e adoração a Deus começou, os hinos de exaltação conduziram os presentes a glorificar ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Entre os órgãos presentes, estavam o Coro e Orquestra Doce Harmonia, a União de Adolescentes Resplandecer e cantores locais.

O Pr. José Prado Veiga, da AD em São Paulo, realizou a leitura da Palavra em João 15.1-5, que diz: “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador. Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto. Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado. Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim. Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.”

A ministração da Palavra de Deus foi feita pelo Pr. Eliezer Lira, da AD em Curitiba. Ele leu o texto de João 5, que fala sobre a cura do paralítico que estava enfermo há 38 anos no tanque de Betesda.

O preletor explicou que a situação daquele homem era ao mesmo tempo extraordinária e comum, todos passamos por aflições, mas aquele paralítico tinha esperado por muito tempo sem saber o momento em que teria a sua vitória. E, apesar dessas circunstâncias, “a Bíblia nos convoca a confiar no Senhor”, pois “há um Deus que muda situações”.

Quando se aproxima, Cristo faz uma pergunta inusitada e fantástica àquele homem: “Queres ficar são?” (v.6). Segundo o pregador, “Jesus queria tirar aquele homem de um estado de acomodação quase que irreversível. Jesus queria provocar ele a sentir a necessidade de algo novo em sua vida” e Jesus quer fazer o mesmo na vida dos ouvintes.

Amanhã será o último dia desta edição da EBO, que contará com estudos para obreiros de todo o Estado. As esposas de pastores, evangelistas e presbíteros poderão participar das plenárias e da reunião da União de Esposas de Ministros das Assembleias de Deus em Pernambuco (UEMADEPE), que acontecerá das 8h30 às 12h30. E à noite, o culto de Encerramento será aberto para toda a Igreja.

“O Deus que revelou a sua entrada, vai revelar a sua saída”

Durante esta quinta-feira (25), foram realizados três estudos, assim como nos demais dias. A primeira plenária foi ministrada pelo Pr. Juan Carlos, Presidente das Assembleias de Deus na Espanha. Ele deu continuidade ao estudo: “Voltando aos caminhos antigos”.  Com ênfase ao subtema: “Os fundamentos da Igreja Primitiva”.

 

“Ele é a cabeça da igreja, Ele é o máximo, Ele não pode ficar de fora da nossa vida, não pode ficar fora da nossa educação, dos nossos projetos. Ele precisa estar em tudo, Ele é o alfa e ômega, princípio e fim”,  bradou o pastor durante a ministração. Já a segunda palestra ficou sob a responsabilidade do Pr. José Geraldo Lopes, que também deu continuidade à explanação sobre: “A vida e o ministério do Apóstolo Paulo”.

A terceira plenária foi ministrada pelo Pr. Prado Veiga, sobre a “Fidelidade e a perseverança do Obreiro na Igreja Local”, alguns dos pontos abordados foram: “Tito, o obreiro exemplo de fidelidade e confiança a ser seguido” e “Timóteo, o obreiro posto em Éfeso para ser um defensor da igreja local dos falsos ensinadores”.

“De que lado você está?” foi uma das perguntas feitas pelo ministro aos presentes. As qualidades que o obreiro deve ter também foram pinceladas ao longo do estudo. “O Deus que revelou a sua entrada, vai revelar a sua saída, fique lá até o dia do Senhor. A recompensa virá”, admoestou o Pr. Veiga e completou com a referência bíblica, “humilhais-vos pois debaixo da potente mão de Deus para que ao seu tempo vos exalte”. Ao término do estudo, alguns evangelistas foram homenageados.

O culto da noite está previsto para ser iniciado às 19h. Diferente das plenárias matutinas e vespertinas, será transmitido ao vivo pela Rede Brasil de Comunicação, através da TV, Rádio e redes sociais.

Mais uma manhã de estudos para os obreiros aprovados

Chegou o penúltimo desta EBO, que começou no último domingo, após o grandioso evento na Arena Pernambuco. Depois do devocional que começou pontualmente as 8h30, o Pr. Douglas Baptista, líder da Assembleia de Deus no Distrito Federal e do Conselho de Educação e Cultura da CGADB, encerrou sua participação nesta edição da Escola Bíblica, dando o terceira parte do estudo: Relativismo cultural e suas implicações na ética Cristã. “A igreja está sob ataque dos principados e potestades, mas o Deus nesta Igreja é forte e terrível”, afirmou.

A segunda plenária foi ministrada logo após pelo Pr. José Lopes (AD New Jersey/EUA) que também continuou a ministração com o tema: A vida e o ministério do apóstolo Paulo. Ele vem abordando cronologicamente os fatos que aconteceram na vida do apóstolo, desde os seus precursores, passando por sua conversão até as viagens missionários e os feitos que ele operou através do poder de Deus.

Por fim, o Pr Juan Carlos Escobar ministrou o último estudo desta manhã, encerrando o ciclo de aprendizagem deste primeiro horário, com uma palavra de refrigério para a alma. “O descanso vem quando você se apoia na Palavra. Nós somoss responsáveis por formar um povo forte, capaz de influenciar o destino de um país”, disse.

A tarde segue com mais estudos para obreiros e suas esposas a partir das 13h30. A noite, o culto oficial acontece para toda a igreja a partir das 19h.