Petrolina recebe Celebração do Centenário

A cidade de Petrolina, no sertão do São Francisco, a 713 km do Recife, recebeu a primeira Celebração do Centenário, na noite deste sábado (10) de março, que abre a agenda de programação das festividades dos 100 anos de fundação da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco (IEADPE), sob a Presidência do Pastor Ailton José Alves. Culto foi realizado no Pátio de Eventos Ana das Carrancas, às margens da Rodovia BR-235, zona oeste do município.

A abertura dos portões ocorreu às 14h, e logo às 17h, começou o pré-culto com participação de diversos cantores locais e depoimentos em agradecimento pela obra de Deus naquela região do estado. Oficialmente às 18h45, teve início a Celebração do Centenário conduzida pelo Pastor Presidente Ailton José Alves. Vários pastores, obreiros e membros da diretoria da igreja, autoridades políticas e o prefeito da cidade, prestigiaram o evento.

No local da festa, foi projetado um mega palco com uma estrutura de 20×18 metros, três telões e um grande painel de LED. Uma multidão ocupou as cadeiras espalhadas no pátio para assistir a programação e ouvir relatos do início dos trabalhos da IEADPE . Muitos vieram de outras regiões do estado, e diversas caravanas das cidades de Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista, Belém de São Francisco, Dormentes, Projeto Fulgêncio e Afrânio, estavam presentes na celebração.

O evento marcado por adoração e testemunhos para glorificar o nome de Jesus e celebrar um século da IEADPE em solo pernambucano, contou com a participação de cantores e grupos como: Eliã Oliveira, Théo Santos, irmão Wanberto (Caruaru), Ricardo Rodrigues, Cantora Talita (Petrolina), Grupo Eletrônico e Vocal da matriz do município, além da participação de dois grandes corais: um de jovem com 1.500 vozes e outro de igual número composto por mulheres.

O vídeo da Abertura do Centenário, que conta um breve relato da história da igreja foi exibido, emocionando o público. Em seguida, o Pastor Ailton lembrou que a Assembleia de Deus foi a pioneira na manifestação espiritual no país; falou dos tempos espinhosos e que mesmo diante da perseguição, Jesus continuou curando, salvando, batizando e que nesses cem anos, a chama continua acesa, e continuará acesa até que Jesus venha buscar sua igreja. Após, a cantora Eliã Oliveira, bradou com toda a igreja de forma uníssona, o hino oficial do centenário da Assembleia de Deus em Pernambuco, “Cem anos de história, Cem anos de vitória”.

O Pr. Jonatas Lins, da filial da IEADPE em Sirinhaém, foi o preletor do culto. Ele ministrou uma palavra evangelística, contextualizando a igreja de Atos dos Apóstolos e a atual. Na qual, a igreja crescia e se multiplicava mesmo em meio a uma intensa perseguição. “A igreja de Atos foi a que a chama do pentecoste foi acesa. E em 1918, chegou em Pernambuco. E o construtor desta igreja disse que as portas do inferno, jamais prevalecerão contra ela”, concluiu.

A Celebração do Centenário foi um grande culto pentecostal, cheio de significado pela expansão do evangelho da chegada da chama pentecostal e forte atuação do Espírito Santo, confirmando a obra evangelística através da IEADPE. Uma instituição preocupada em propagar a missão deixada por Jesus Cristo de pregar o evangelho a toda criatura. E com certeza esta celebração servirá para mostrar a vitória do evangelho de Cristo em Pernambuco. Ao final,  215 vidas aceitaram a Jesus como seu salvador.

De acordo com o Pr. Waldemir Farias, da filial em Petrolina, o evento mobilizou mais de mil voluntários, 120 ônibus para trazer os irmãos e mais 13 das filiais e considerou o mesmo, como um evento não só da capital, mas de todas as filias do estado. “Os irmãos daqui, estão muito representados naquela frase: eu faço parte desta história. E isso resume o sentimento do povo de Petrolina e do sertão”, completou.

De acordo com a organização do evento mais de 30 mil pessoas participaram da cerimônia. A Rede Brasil de Comunicação realizou a transmissão de todo o evento, e muitos puderam verificar através das rádios da emissora, pela TV e Redes Sociais (@ieadpeoficial).

Diante da grandiosidade do evento, foram montados postos de saúde e ambulâncias equipadas com UTI. Contou com um forte esquema de segurança das equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e apoio da prefeitura do município.

Entre os sete polos regionais, que sediarão a Celebração do Centenário, Petrolina foi a primeira cidade a receber o evento. Dia 31 deste mês, acontece no município de Goiana, Zona da Mata Norte do estado.