Após quatro dias de congresso, mulheres assembleianas saem com a fé fortificada

O último culto deste 17º Congresso de Mulheres ficou marcado na história de muitas mulheres. Depois de três dias especiais na presença de Deus, elas começaram o culto entoando ao Senhor o louvor “Tu és fiel, Senhor” e agradecendo a Deus por Seus maravilhosos feitos durante esses dias.

Adoraram também a Deus os cantores Théo Santos, Joquebede, a dupla Canção & Louvor e Miriã Mical, bem como o Grande Coral de irmãs formado por cerca de 700 mulheres.

Após o momento de louvor, a hora mais esperada do culto, a ministração da Palavra de Deus, ficou por conta do evangelista Elisjanai Carlos, que pregou sobre o tema: “Mulher de fé em tempos de desafio”, e abordou alguns dos desafios contidos na Bíblia que estão sendo cumpridos nos dias de hoje, como a educação dos filhos, a dificuldade no relacionamento familiar, a crise espiritual, moral e financeira, o aumento do pecado a apostasia da fé e os movimentos sociais que atacam a Palavra de Deus.

O ministro fez questão de enfatizar que as mulheres sempre foram amadas por Deus, no entanto, após a atitude de Eva que levou o pecado ao homem, as antigas tradições começaram a minimizar  o papel das mulheres. Mas Deus, com sua graça maravilhosa, interviu na história da mulher e tornou a exaltá-las. “Deus levanta mulheres como Abigail, Ester, Sara, Sunamita, Ana Profetiza, Marta e Maria, unindo trabalho e devoção a causa do Senhor”, disse.

A igreja sentiu o poder de Deus e foi impactada pelo Espírito Santo que continuou falando poderosamente através da Palavra. “Foi Deus quem levantou as mulheres e disse: vai ser rainha, juíza, profetiza, só não sacerdotisa. O Espírito Santo começou e ainda está despertando um grande exército. Essas mulheres que estão aqui farão parte deste exército”, ministrou, salientando que foram as mulheres quem estiveram sempre do lado de Jesus nos momentos de maior sofrimento, também foram elas as pioneiras na história da IEADPE, sendo uma mulher a primeira crente batizada com Espírito Santo no Brasil, bem como a fundadora do Círculo de Oração.

Ao final da ministração da Palavra de Deus, em um momento de agradecimento, a coordenadora geral do Círculo de Oração da IEADPE, irmã Judite Alves louvou ao Senhor por tudo o que aconteceu durante os quatro dias de evento. “Houve curas, batismo com Espírito Santo e salvação de almas”, afirmou.

Para coroar o trabalho duas vidas se renderam aos pés de Cristo e entregaram suas vidas a Ele. E como afirmou o Pr. Presidente da IEADPE, Ailton José Alves, este Congresso deixará saudades.

Congresso de Mulheres

A 17º edição do Congresso de Mulheres foi iniciado no último dia 31 de maio e seguiu durante o final de semana. Caravanas de várias partes de Pernambuco, além de estado vizinhos vieram como de costume prestigiar o evento e aprender mais do Senhor.

A programação do Congresso envolveu estudos, devocionais, louvores, adoração e pregação da Palavra de Deus, no evento que não segue o dia inteiro praticamente sem intervalo, com toda a força, ânimo e devoção peculiares às irmãs que formam o Círculo de Oração da IEADPE.

“Adoração é a atitude de quem ama a Deus, é impossível amá-lo e não adorá-lo.”

A noite do terceiro dia do 17° Congresso de Mulheres foi de grande benção para todos os presentes. O culto oficial iniciou às 19h, após um momento devocional com mensagens, hinos e testemunhos.

Durante o culto, as irmãs e irmãos presentes tiveram a oportunidade de adorar ao Senhor com os hinos congregacionais. Logo depois, alguns corais também tiveram seu momento de louvor. Entre eles, grupos de irmãs de Natal (RN), Maceió (AL), São Lourenço da Mata (Setor-02), Abreu e Lima (Setor-11) e Catende, no interior do Estado.

O Grande Coral de Mulheres, formado por 700 vozes, também entoou sua adoração ao Senhor com o Hino Oficial do Centenário, acompanhado da irmã Eliã Oliveira.

O Pr. João Severino Fernandes fez a leitura oficial em 2 Timóteo 1:1-5, texto-base do Congresso, que fala da boa influência que a vida de fé de Loide e Eunice produziram na geração seguinte.

A ministração da Palavra de Deus foi realizada pelo Ev. Josiel Soares com base em João 12:1-8. O tema da mensagem foi: “Mulher Cristã: Vida de fé que influencia por meio da adoração e do louvor”.

A personagem central da mensagem foi Maria, irmã de Lázaro, que adorou a Cristo com tudo o que tinha. “Adorar a Deus é uma atitude indispensável a vida de um cristão. Adoração é a atitude de quem ama a Deus, é impossível amá-lo e não adorá-lo”, disse o preletor.

Ele destacou o fato que Maria quebrou um vaso muito caro para aquela época, mas não viu seu proceder como desperdício, porque estava dedicando o unguento ao Amado. “Quem ama é impelido para a adoração. Não importa a circunstância, o cristão adora ao Senhor”, completou.

O pregador também descreveu como a fé está sempre acompanhada da adoração, e disse que isso fica claro na vida de Abraão, considerado como o pai da fé, e também o primeiro personagem que mencionou a palavra ‘adoração’ nas Escrituras.

Estiveram presentes no culto caravanas das filiais em Petrolina, São José da Coroa Grande, Nazaré da Mata e Toritama; dos setores 5 e 12 (Vitória de Santo Antão e Barreiros, respectivamente), e das áreas 4, 6, 16 e 20 do Grande Recife.

Este foi o penúltimo dia do 17º Congresso de Mulheres, que teve na programação devocionais, estudos, momento de testemunho e agradecimentos ao Senhor. Amanhã a programação continua com a transmissão da Rede Brasil através do Canal 14, além do canal IEADPEOFICIAL, no Youtube e Facebook.

Fé e influência para seguir agradando a Deus

Irmãs vindas de todo o estado de Pernambuco, bem como de estados vizinhos vieram oferecer o seu culto ao Senhor na tarde de hoje. Foram apresentadas caravanas vindas de Tejucupapo, Petrolina, Vitória, do estado de Maceió, entre outros. Todas animadas, trazendo consigo uma mensagem de Deus e um grito de Glória a Deus quando apresentadas.

Logo no início do momento devocional, o Senhor já selou algumas irmãs com o batismo no Espírito Santo e, avivadas, todas permaneceram na presença de Deus atentas aos louvores, aos agradecimentos pelos feitos do Senhor e a ministração da Palavra de Deus.

Esta última ficou sob a responsabilidade do Pr. João Marcos Fernandes, do Setor de Moreno, que ministrou com o tema: “Mulher Cristã: influenciando o meio onde vive”. Ele falou sobre a vida de Ester, que usou sua influência para defender o seu povo da extinção, cumprindo o propósito do Senhor. “Ester tinha convicção de que Deus iria agir. Temos que orar com essa convicção, porque Deus faz”, disse em meio à ministração.

Além disso, o ministro também falou sobre a influência de Joquebede na vida dos seus filhos Moisés e Miriam, que foi tanta ao ponto de o líder do povo de Israel quando cresceu não quis ser mais chamado de filho da filha de Faraó.

Em seguida, o Pr. Ailton Júnior ministrou o segundo estudo com o tema: “Mulher cristã: uma vida de fé que agrada a Deus”, baseado no texto bíblico de Hebreus 11.6.

Ele falou sobre a fé de Moisés e sua caminhada para agradar a Deus. Ensinou sobre os tipos de fé e as motivações que elas envolvem. “A motivação de Moisés foi tratada no meio do caminho. A fé se fortalece quando a nossa primeira motivação é agradar a Deus”, afirmou.

Após este estudo, um novo momento devocional deve ser iniciado, seguido pelo culto introdutório e o culto evangelístico que acontece logo mais às 19h.

A oração e o testemunho da Mulher Cristã

Neste terceiro dia do 17º Congresso de Mulheres da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco (IEADPE), antes das 8h da manhã a nave do templo já estava cheia de congressistas, em sua maioria mulheres. Alguns vieram preparados para ficar até o culto da noite, buscando aprender e receber tudo o que Deus tem para revelar esses dias.

O devocional, dirigido pela Ir. Judite Alves e as irmãs Ledijane do Setor-12, Barreiros e Iraci Rodrigues, começou por volta da 8h15 e o estudo da manhã às 9h30. O escalado para ministrar a primeira plenária do dia foi o Pr. Jefferson Aleluia, com o tema: “Mulher Cristã: Vida de Fé que influencia por meio da oração”, baseado no trecho registrado em 1 Samuel 1.9-19.

Alguns dos tópicos abordados durante o estudo foram: “Vencendo um caso perdido através da oração” o pastor citou o exemplo de Ana, que no momento em que estava mais aflita foi buscar ao Senhor em oração. Outro tema também discorrido pelo obreiro foi “A maturidade de Ana”, por fim, o Pr. Jefferson enfatizou que o cristão precisa ser próximo a Deus, ter a sabedoria e inteligência espiritual para com isso ter uma vida que influencia através da oração.

Já o segundo estudo foi sobre a “Mulher Cristã: Vida que influencia pelo seu testemunho”, baseado em 2 Timóteo 1.5, ministrado pela Ir. Givanete Andrade de Santa Rita, Paraíba. “Testemunhar é conhecer as Escrituras e convencer as pessoas sobre o evangelho, testemunhar a salvação”, enfatizou.

Ao longo da Palavra ela ensinou sobre a importância e o significado do testemunho nas Escrituras, além da influencia do testemunho nas gerações. Ela destacou que é preciso ser coerente com a sua conversão e ter uma vida que seja um testemunho completo e pleno. O culto da manhã terminou por volta das 12h, mas a programação continua até o devocional da tarde, previsto para começar às 13h.

“A fé é a única base aceitável de um relacionamento satisfatório com Deus”

A conversão logo no culto introdutório já prenunciava que o decorrer da noite seria de igualmente benção. E foi o que aconteceu. Logo após este momento devocional que foi iniciado por volta das 17h30, o culto oficial teve a sua abertura com louvores.

Além do Grande Coral formado por 700 vozes, cantores como Jair Santos também entoaram cânticos ao Senhor.

Na ministração da Palavra de Deus, o Ev. Marcelo Telles pregou baseado na epístola destinada aos Hebreus, capítulo 11.1-11. O tema da mensagem foi: “Mulher Cristã: vida de fé fundamentada na Palavra”.

O evangelista abordou a como condição indispensável para que uma mulher agrade a Deus. “A fé é a única base aceitável de um relacionamento satisfatório com Deus”, disse o ministro.

Para ilustrar a mensagem bíblica, Telles usou o exemplo de Sara, uma mulher escolhida por Deus junto com seu marido, mesmo com suas limitações e defeitos. “Mesmo com Abraão tendo 75 anos e Sara 10 anos mais jovem e sendo estéril, Deus escolheu e fez promessas”, afirmou.

Uma das promessas de Deus a Sara foi de que ela seria mãe. No entanto ela não tinha motivos para crer. “Ela não tinha nenhum exemplo, não tinha ninguém na história que fosse estéril e tivesse concebido. Além disso, ela não ovulava mais”.

O ministro finalizou o momento da Palavra contando os detalhes do milagre que Deus operou na vida de Sara, que mesmo sem perspectiva humana nenhuma, gerou após um ano, conforme a promessa feita pelo Senhor. “A idade deles estava avançada mas Deus fez o interior rejuvenescer. Deus substituiu o riso da incredulidade pelo riso da alegria. E cumpriu a promessa”, finalizou.

Programação

Este foi a noite do segundo dia do 17º Congresso de Mulheres, que teve na programação devocionais, estudos, momento de testemunho e agradecimentos ao Senhor. Amanhã a programação continua com a transmissão do culto evangelístico pela Rede Brasil.

Mulheres com temperamento regenerado frutificando entre a família e a Igreja

O 17º Congresso de Mulheres está sendo realizado entre os dias 31 de maio a 3 de junho no Templo Central da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco. E durante este segundo dia do evento, a Ir. Judite Alves ministrou o primeiro estudo da tarde com o tema: “Mulher cristã: a influência do seu temperamento nas gerações”.

Ela iniciou explicando os tipos de temperamentos clássicos, e, após alertar sobre os riscos de cada um deles, falou como o temperamento regenerado é transformado e controlado pelo Espírito Santo. “Deus vai pegar teu temperamento e vai dar a volta, e vai fazer de você um vaso como Ele planejou, mas isso é um processo”, disse ela.

A irmã também expôs como a personalidade de várias mulheres nas Escrituras influenciou o seu entorno e destacou o que podemos aprender com a vida delas. Concluiu falando sobre o que Deus espera da vida da mulher cristã, “Deus quer que o fruto do Espírito seja evidenciado em tua vida.”

O segundo estudo da tarde foi ministrado pelo Ev. Sinval Rodrigues com o tema: “Mulher cristã: Vida de fé que influencia a Igreja”. Ele destacou a vida de três mulheres que passaram por grandes provações mas que venceram por meio da fé.

Durante este período, caravanas de Ribeirão, Timbaúba, Gravatá, Palmares, Aliança, Araçoiaba, Petrolina, Toritama, São José da Coroa Grande, Amaraji, Serra Talhada, Cupira, Nª Senhora do Ó, Tamandaré, Ipojuca (Setor 8), Paudalho (Setor 9), Juazeiro (BA) e Santa Rita (PB), se fizeram presentes no Templo Central. Assim como mães evangélicas e não-evangélicas de crianças atendidas pelo Projeto Samuel.

Os estudos da tarde terminaram por volta das 16h30, mas a programação do Congresso continua. O devocional está previsto para iniciar às 17h30 e às 19h se celebrará mais um culto de agradecimento a Deus. A Rede Brasil de Comunicação está transmitindo os cultos através do Canal 14, além do canal IEADPEOFICIAL, no Youtube e Facebook.

As características da mulher cristã e sua influência na vida de seus descendentes

Durante os dias 31 de maio e 3 de junho está sendo realizado o 17º Congresso de Mulheres no Templo Central da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco. E neste segundo dia, o culto devocional da manhã começou por volta das 8h15. Mas, desde às 7h, algumas irmãs esperavam para entrar no templo, na expectativa de ouvir uma mensagem de Deus nas primeiras horas da manhã.  A leitura oficial foi feita pelo Pr. João Marcos no texto registrado em 2 Timóteo 1.5. O primeiro estudo da manhã foi ministrado pelo Pr. Hélio Ribeiro, iniciado às 9h15, com o tema: “Mulher Cristã: Vida de fé que influencia seu casamento”.

“Precisamos ser humildes, Jesus nos disse: ‘Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração’, destacou o Obreiro. Ele continuou, desta vez, aplicando essa verdade na vida da mulher: “A mulher cristã é cheia de temor e por ser cheia de temor ela é humilde, não é soberba, arrogante, ela pode assumir responsabilidades mas mantém sua humildade”, finalizou.

Alguns dos pontos destacados ao longo da plenária foram relacionados aos aspectos influenciadores positivos e negativos da mulher, por isso ao longo da Mensagem o pastor enfatizou algumas características e prioridades que a mulher deve ter. “Uma das bases para um casamento sólido e próspero é ter prioridades. É primeiro Deus, segundo o cônjuge”, enfatizou. E relembrou o que Paulo falou, “As solteiras cuidam das coisas de Deus, as casadas do marido”.

Além de ministrar sobre tais características, ele destacou alguns comportamentos. “Seu esposo confia na senhora? Para ele confiar a senhora precisa dar motivos para ele confiar e para ele desconfiar, a senhora também precisa dar motivos”, pontuou. E a conclusão da mensagem teve o intuito de despertar a mulher sobre a importância das ações dela, pois “A vida de uma mulher cristã fala mais alto do que qualquer sermão”, concluiu.

No intervalo entre os estudos o Coral de Mulheres de Sirinhaém, Setor-06 louvou. A segunda pleária foi ministrada pelo Pr. Albérico Inácio com o tema: “Mulher Cristã: Vida que influencia seus descendentes”. Durante o estudo ele falou sobre o papel de Lóide e Eunice na vida de Timóteo. E também destacou a visão que Paulo tinha sobre o jovem Timóteo e a influências de sua avó e mãe na vida dele. Com isso falou sobre outras mulheres que marcaram os seus descendentes. “Embora Paulo fosse o pai espiritual de Timóteo, nós vemos que a sua avó e mãe fizeram a diferença, porque elas liam o Antigo Testamento para ele, elas o ensinavam, transmitiam a essência, ele tinha as marcas espirituais que sua mãe e avó colocaram nele e isso o diabo não pode apagar.

“Eu estou cuidando da tua descendência, sinta o cuidado de Deus nesta manhã, receba força, ainda tem um pouquinho de azeite na botija”, falou para a igreja.

O culto da manhã terminou por volta das 12h. Durante a tarde o devocional está previsto para começar às 13h e o estudo às 14h.

“Existem coisas que Deus só vai fazer se eu e você orarmos”

Durante a noite desta quinta-feira (31), foi a abertura do 17º Congresso de Mulheres, no Templo Central da Igreja Evangelica Assembleia de Deus, localizada na Av. Cruz Cabugá, em Santo Amaro, Recife. No final da tarde, várias irmãs e caravanas já estavam na nave do templo. O culto introdutório começou por volta das 17h30, sob a direção das irmãs Silvânia Alves e Valdívia, a segunda da filial em Moreno. Os presentes já estavam avivados sendo alimentados através das mensagens, hinos e testemunhos.

Após os hinos congregacionais, alguns corais escalados também receberam oportunidade para louvar, entre eles o Coral de Mulheres do Setor-01, Cabo de Santo Agostinho e um Coral de Mulheres de Jaboatão Velho, Setor-10. O primeiro hino cantado pela cantora Eliã Oliveira foi: “No Tempo Dele” e depois ela solou o hino “Te adorarei”, com o Grande Coral de Mulheres que irá formar em todos os dias do congresso. O Quarteto Gênesis também louvou: “Confia no Senhor e ora, de joelhos e a face no chão. Constante o seu tema seja: Buscar a Deus em oração. Desperta a madrugada e clama, pelo óleo da unção de Deus. Que breve tu verás descer, vitória que vem lá do céu”.

O Pastor Presidente Ailton José Alves realizou a leitura da Palavra: “Paulo, apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, segundo a promessa da vida que está em Cristo Jesus, a Timóteo, meu amado filho: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor. Dou graças a Deus, a quem sirvo com a consciência limpa, como o serviram os meus antepassados, ao lembrar-me constantemente de você, noite e dia, em minhas orações. Lembro-me das suas lágrimas e desejo muito vê-lo, para que a minha alegria seja completa.  Recordo-me da sua fé não fingida, que primeiro habitou em sua avó Loide e em sua mãe, Eunice, e estou convencido de que também habita em você.” (2 Timóteo. 1-5).

O tema do culto de abertura foi: “Vivendo uma vida de fé em tempo de incredulidade”. O preletor escalado para ministrar a Palavra foi o Ev. André Alencar. A mensagem foi baseada em Marcos 7. 24-30: “E, levantando-se dali, foi para os termos de Tiro e de Sidom. E, entrando numa casa, não queria que alguém o soubesse, mas não pôde esconder-se; Porque uma mulher, cuja filha tinha um espírito imundo, ouvindo falar dele, foi e lançou-se aos seus pés. E esta mulher era grega, siro-fenícia de nação, e rogava-lhe que expulsasse de sua filha o demônio. Mas Jesus disse-lhe: Deixa primeiro saciar os filhos; porque não convém tomar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos. Ela, porém, respondeu, e disse-lhe: Sim, Senhor; mas também os cachorrinhos comem, debaixo da mesa, as migalhas dos filhos. Então ele disse-lhe: Por essa palavra, vai; o demônio já saiu de tua filha. E, indo ela para sua casa, achou a filha deitada sobre a cama, e que o demônio já tinha saído”.

“Tem coisas que já estão determinadas. Mas existem coisas que Deus só vai fazer se eu e você orarmos, tem coisas que Deus só vai fazer se eu e você nós movermos”. O ministro citou como exemplo a “Oração do Pai Nosso” e explicou que naquele texto Jesus estava nos ensinando que a vontade é de Deus, mas ainda assim precisamos orar para que Ele a faça: ‘seja feita a tua vontade tanto na terra como no céu’”, enfatizou.

O evangelista também ministrou sobre a justiça de Deus, baseado em Ezequiel capítulo 22, dizendo que o quadro de Jerusalém estavam extremamente caótico. No contexto religioso, os sacerdotes haviam transgredido a Lei, os profetas falavam coisas que Deus não havia os orientado a falar, entre outras coisas.  Então ele relembrou que Deus é justo e como Ele é justo, não pode deixar o culpado como o inocente, mas destacou que antes do Senhor excercer o Juízo Ele buscou um homem que estivesse tapando o muro, que estivesse na brecha entre Deus e o povo, para não destruir aquela terra, concluiu.

Então o Ministro transmitiu uma mensagem de ânimo: “Se você desistir, Jesus continua sendo Jesus e Deus continua sendo Deus. Mas hoje Deus está aqui dizendo ‘não desiste não, querida’ […] E quando as circunstâncias adversas tentarem te afastar do Senhor, é nesse momento que você tem que chegar mais perto dEle, ouvir direto da boca dele”, finalizou. Após a Palavra o Grande Coral de Mulheres louvou o último hino da noite. Ao término do culto, o livro devocional 55 Reflexões Para a Alma, da Irmã Judite Alves, esposa do Pastor Presidente Ailton José Alves, foi lançado. O livro é um devocional que visa encorajar espiritualmente que o lê, ele pode ser adquirido na Bereia Bookstore.

 

A programação do Congresso continua na manhã da sexta-feira, com o culto devocional às 8h. Já o estudo do período da tarde começa às 14h, o culto devocional às 17h30 e o culto da noite às 19h. A Rede Brasil de Comunicação está transmitindo os cultos através do Canal 14, além do canal IEADPEOFICIAL, no Youtube e Facebook.

 

 

Garanhuns recebe 3º evento alusivo ao Centenário da IEADPE

Mesmo com chuva, milhares de pessoas participaram do evento que mobilizou toda a cidade

O dia foi todo de chuva, mesmo assim, não foi suficiente para evitar que milhares de pessoas comparecessem à Praça Guadalajara, no centro de Garanhuns, Agreste pernambucano, para participarem do 3º evento alusivo ao Centenário da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco (IEADPE).

A partir das 17h, as primeiras pessoas já chegavam para se acomodarem nas mais de 10 mil cadeiras que foram colocadas no local. Um público de aproximadamente 15 mil pessoas participou no evento, que foi realizado com o apoio de 370 voluntários, liderados pelo Pastor Local, Cândido de Freitas.

A programação contou com a participação de um Grande Coral de Mulheres, com mil vozes, um Grande Coral de Jovens, também com mil vozes, cantores locais e convidados. Caravanas vindas das cidades de: São João, Paratama, Jucati, Brejão, Angelim, Capoeiras, Jupi, Caetés, Calçado, Saloá, Terezinha, Lajedo, Lagoa do Ouro, Canhotinho, Correntes, Bom Conselho, Palmeirina, Iati, Jurema e Águas Belas, também participaram do evento, além de irmãos vindos de Recife, Região Metropolitana e outras cidades do Estado.

Por volta das 18h30, o Pastor Presidente da IEADPE, Ailton José Alves, iniciou o Culto Oficial. O Pr. Luiz Mário, Secretário da Igreja, foi convidado para cantar os hinos congregacionais com todos os presentes. Após esse momento, o vídeo institucional do centenário, que conta com a participação da Ir. Ruth Carlson falando um pouco sobre o início da igreja aqui no Estado, através do trabalho missionário realizado pelos seus pais, Joel e Signe Carlson, foi exibido, emocionando mais uma vez a todos. Logo em seguida, o Hino Oficial do Centenário foi cantado em uníssono pelos presentes.

 

A leitura oficial foi feita pelo Pastor Vice-presidente da Convenção de Ministros da Assembleia de Deus em Pernambuco (Conadepe), Samuel de Oliveira, e a ministração da Palavra foi realizada pelo Ev. Eslijanai Carlos, que pregou sobre o tema: “Que homem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem”? ( Mc 4.41).

O preletor mencionou que Jesus é o dono de todo o poder, por tanto, pode operar todas as coisas na vida de Seus filhos e tem o controle de tudo em Suas mãos. Confirmando, através de citações bíblicas, que Jesus é o centro das Escrituras e é apresentado como a solução para todos os problemas da humanidade. “Jesus Cristo é vida, vida, vida em abundância”, disse antes de lançar o convite à multidão que lhe ouvia.  Ao final, 128 pessoas aceitaram a Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas.

 

Este foi o 3º evento alusivo ao Centenário da IEADPE realizado. Os dois primeiros aconteceram na cidade de Petrolina e Goiana, respectivamente. As próximas celebrações acontecerão nas cidades de: Ouricuri (12/05), Arcoverde (09/06), Palmares (14/07) e Caruaru (11/08).

 

 

 

 

 

 

 

 

Goiana sedia celebração do centenário da IEADPE e impacta vidas através do Evangelho

Sábado, 30 de março de 2018. Esta foi a data em que a cidade de Goiana, na Região Metropolitana do Recife, parou para celebrar os 100 anos da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco, a IEADPE, em um grande culto de adoração a Deus. E, não foram só os goianenses que se reuniram para render graças pela data. Irmãos de mais de 20 cidades vizinhas compareceram ao evento, realizado no Complexo de Goiana que abrange Estádio Municipal Agamenon Magalhães e o Ginásio Tancredo Neves.

Para atender um público estimado inicialmente em 18 mil pessoas, foi montada uma estrutura com três telões, 15 mil cadeiras, além da arquibancada, praça de alimentação, ambulância, equipe médica, e um palco de 17m².

Ainda durante o período da tarde foram chegando caravanas de mais de 20 cidades vizinhas para o evento, sendo muito bem recepcionados por uma equipe de voluntários responsáveis pela acomodação dos irmãos, que saudavam o público com um ‘Sejam bem vindos’, bastante caloroso.

Fizeram parte desta equipe mais de 500 pessoas, distribuídas em atividades que foram além da recepção, mas também compreendeu a organização da mobilidade dos carros no estacionamento e do evento como um todo.

A irmã Íris Souza, fez parte deste grupo de voluntários. Ela contou sobre sua alegria e da equipe que estava ao seu lado. “O meu sentimento é de grande gratidão porque eu já tenho 51 anos de idade e nasci no evangelho. Passei por todos os nossos pastores mais recentes, Pr. José Amaro, Pr. José Leôncio, e agora o nosso Pr. Ailton. Estamos aqui nesse momento maravilhoso, nossa cidade foi escolhida e a emoção é grande. Estou como voluntária, recebendo os irmãos com alegria e desejando que eles sejam muito bem vindos. Viemos cultuar a Deus!”, relatou.

E foi neste clima de alegria e gratidão que foi dado início a Celebração com um culto introdutório, por volta das 17h. A oração inicial foi feita pelo Pr. Anízio Francisco, gestor desta filial. O primeiro hino entoado falava sobre o Espírito Santo, um convite para que Sua presença fosse sentida de perto durante a celebração. Louvaram ainda cantores locais e convidados como as irmãs Joquebede e Miriam Calado.

Logo em seguida, o culto oficial foi iniciado às 18h30 com a apresentação de um vídeo comovente com o depoimento da Ir. Ruth Carlson, que hoje, aos 95 anos, narra os primórdios da história centenária da IEADPE, fundamentados na oração, jejum e na leitura e pregação da Palavra de Deus. Aquela igreja pequena fundada por missionários suecos, hoje pode agradecer a Deus pela multidão de crentes que se reúne a cada culto realizado pela celebração do seu centenário.

Após este belo momento em que se pôde rever como o trabalho da IEADPE começou, a igreja louvou a Deus em gratidão por tudo o que Ele realizou até aqui, por fazer desta uma Grande Família Assembleiana Centenária, como sempre ressalta o Pr. Vice presidente da IEADPE, Ailton Júnior.A irmã Eliã Oliveira entoou o hino oficial deste Centenário, junto com todo o público presente e também louvaram ao Senhor neste culto Jair Santos, o saxofonista Theo Santos e outros.

Além disso, para marcar a grandiosidade do evento, um Coral formado por jovens e outro composto por mulheres, – ambos com 1.500 vozes – irmãos da filial em Goiana, também adoraram a Deus. A jovem Anne Karolyne (21) foi uma das coristas. Ela relatou que os jovens começaram a se preparar para este dia ainda no ano passado. “A expectativa é uma das maiores. A gente vem ensaiando desde dezembro para este evento, hinos belíssimos que tocam o coração e a nossa expectativa é que vidas sejam salvas e que Goiana seja impactada para Glória do Nome de Deus”, afirmou em conversa com o Adnews, antes do início do culto.

Obreiros e ministros de cidades como Nazaré da Mata, Carpina, Timbaúba, Vicência, Tracunhaém, Bom Jardim e Upanatinga, bem como da Região Metropolitana do Recife e irmãos de estados vizinhos, também vieram acompanhados de caravanas prestigiar o evento.

No momento mais esperado do culto, a ministração da Palavra foi feita pelo Ev. Marcelo Teles que pregou baseado nos textos Bíblicos dos livros de Levítico 26.13 e Colossenses 1.13. O tema da mensagem foi: A libertação de israel, uma figura da libertação da igreja.

Como resultado de todo este trabalho, da intercessão da Igreja do Senhor, e da frutificação da mensagem da Palavra de Deus, mais de 80 almas se renderam aos pés do Senhor, e várias vidas foram renovadas e seladas por Deus. O reino do Senhor esteve em festa e o Nome Dele foi engrandecido mais uma vez, porque como prometido por Deus, em Mateus 28.20 – texto ministrado como leitura oficial do culto – o Senhor está conosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.

Foram parceiros da IEADPE para realização deste evento a Guarda Municipal, a Prefeitura daquela cidade, e a Polícia Militar. A próxima celebração acontece em Abril na cidade de Garanhuns, no Agreste Pernambucano.